[sam_zone id=1]

Matt Damon – O ator que escreveu o seu próprio estrelato em Hollywood

2305 0

Matt Damon ganhou destaque no cinema ao interpretar um papel escrito por ele próprio e segue até hoje no topo da cadeia de Hollywood

Sempre envolvido em filmes que acumulam indicações aos maiores prêmios do cinema, Matt Damon é um dos grandes nomes de Hollywood; e não é de hoje.

Matt Damon

Desde que tomou para si a tarefa de criar o personagem que lhe lançaria ao estrelato, em meados da década de 1990, Matt Damon não parou mais. Prova disso é a sua enorme filmografia, sem contar o número de indicações para os mais importantes prêmios do mundo da sétima arte.

Quem é Matt Damon?

Nascido em 8 de outubro de 1970 em Cambridge, no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, Matt teve uma infância agitada. Ainda bebê, morou por algum tempo no condado de Newton, voltando para sua cidade natal após o divórcio dos pais, aos dois anos de idade.

Descendente de ingleses, escoceses e finlandeses, Damon foi um ótimo aluno durante a infância. Parte da razão para isso é o fato de que a mãe do ator era professora de crianças, e deu uma criação bastante voltada aos estudos para o filho.

Matt Damon

Enquanto cursava o ensino médio, Matt participou de uma série de produções teatrais da escola. Por isso, credita muito do seu sucesso ao professor de arte dramática que teve na época, Gerry Speca.

A amizade de Damon com Ben Affleck – que já vinha desde a infância – se tornou ainda mais próxima, já que os dois frequentaram a Cambridge Rindge and Latin School.

Isso fez com que o amigo mais famoso de Matt também tivesse a professora Gerry como influência; mas, de acordo com Matt, os melhores papéis e as maiores falas sempre acabavam com Affleck.

Matt Damon e Ben Affleck

Sempre bem-sucedido nos estudos, Matt entrou para Harvard em 1988 como aluno do curso de Língua Inglesa. Embora não tenha se formado, deixando a universidade pouco antes da conclusão do curso, foi lá que ele começou o projeto que catapultaria, anos mais tarde, a sua carreira.

O início da carreira

Ao longo dos anos em que estudou em Harvard, Damon participou de alguns filmes com papéis menores. Em 1992, vislumbrando um sucesso de bilheteria ao conquistar um papel no longa Gerônimo: Uma Lenda Americana, Matt se mudou para Los Angeles.

Em busca da tão sonhada carreira em Hollywood, Matt quebrou a cara mais algumas vezes antes de, finalmente, receber algum reconhecimento por uma atuação nas telonas. Isso aconteceu em 1996, quando ganhou um papel em Coragem Sob Fogo.

Matt Damon em cena de Coragem Sob Fogo

No filme, que tinha Meg Ryan como estrela principal, Damon interpreta um soldado viciado em ópio; e chegou a perder quase 20 quilos para dar mais realidade ao personagem. A combinação de dieta e atuação fez efeito, e o filme lhe rendeu, pela primeira vez, a atenção da crítica especializada.

O roteiro do sucesso

Ao mesmo tempo em que batalhava um lugar ao sol em Hollywood, Damon trabalhava no que seria o seu passaporte para o estrelato.

O roteiro de Gênio Indomável começou como um projeto para uma das disciplinas da faculdade. Ainda em Harvard, Matt pediu a ajuda de Ben para apresentar algumas cenas para a sua classe e, ao abandonar a faculdade para buscar a carreira de ator, foi no apartamento dele que se alojou.

Matt Damon e Ben Affleck em cena de Gênio Indomável

A partir daí, Matt Damon e Ben Affleck passaram a trabalhar juntos no script, botando mais aprofundamento e seriedade no projeto. Anos mais tarde – e com a ajuda de conselhos dados por grandes nomes como o diretor Rob Reiner, o roteirista William Goldman e o escritor e diretor Kevin Smith – os amigos venderam o roteiro para a produtora Castle Rock.

Em razão de alguns conflitos com a empresa, o roteiro acabou indo parar nas mãos da Miramax; que produziu o filme, de fato.

Gênio Indomável

Lançado em dezembro de 1997, Good Will Hunting foi um sucesso de crítica e público imediato. O filme escrito por Matt e Ben teve, além dos próprios, Robin Williams e Minnie Driver no elenco, e foi dirigido por Gus Van Sant.

Matt Damon em Gênio Indomável

Depois de arrecadar 225 milhões de dólares nos cinemas, as indicações ao Oscar de Gênio Indomável somaram nada menos que nove categorias em 1998, incluindo Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante; Melhor Atriz Coadjuvante; Melhor Ator, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Original.

Indicado como ator e roteirista, Matt levou – ao lado de Ben – o seu primeiro (e único, até o momento) Oscar para casa, de Melhor Roteiro Original.

Matt Damon e Ben Affleck recebendo o Oscar de Melhor Roteiro Original

Embora o prêmio de ator daquele ano tenha ficado com Jack Nicholson; Damon ainda teve a felicidade de ver o colega de cena, Robin Williams, levar para casa a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante.

Filmes com Matt Damon

Depois do sucesso do filme que escreveu e do reconhecimento de suas habilidades dramáticas, Damon não parou mais. A partir de 1998, a filmografia de Matt Damon só cresceu, ultrapassando 50 longas ainda na primeira década dos anos 2000.

Filmes de grande sucesso e bilheteira são uma constante nos trabalhos de Matt, que já fez parte de elencos de longas mega aclamados, como Os Infiltrados, O Resgate do Soldado Ryan (ao lado de Tom Hanks) e, mais recentemente, Ford vs Ferrari.

Matt Damon e Tom Hanks em cena de O Resgate do Soldado Ryan

Além disso, duas das sagas de maior sucesso das últimas décadas em Hollywood têm o nome de Damon como protagonista ou no elenco principal.

Para quem não sabe, são os filmes da trilogia Bourne (que ganhou, recentemente, um quarto filme) e os que narram os roubos da turma de Danny Ocean, do segredo compartilhado por onze, doze ou treze homens.

Matt Damon em cena de filme da trilogia Bourne

Isso sem contar as ótimas participações do ator em séries de grande sucesso na televisão, incluindo Will & Grace, Entourage e Behind The Candelabra: My Life With Liberace, da HBO; que recebeu diversas indicações e estatuetas nos prêmios Emmy 2013 e Globo de Ouro 2014.

Entre os principais destaques da carreira de Matt Damon podemos citar, por exemplo:

  • Coragem Sob Fogo (1996)
  • Gênio Indomável (1997)
  • O Resgate do Soldado Ryan (1998)
  • Dogma (1999)
  • O Talentoso Ripley (1999)

Matt Damon em O Talentoso Ripley

  • Onze Homens e um Segredo (2001)
  • A Identidade Bourne (2002)
  • Confissões de uma Mente Perigosa (2002)
  • Ligado em Você (2003)
  • A Supremacia Bourne (2004)
  • Doze Homens e Outro Segredo (2004)
  • Syriana (2005)
  • Os Infiltrados (2006)
  • Treze Homens e um Novo Segredo (2007)
  • O Ultimato Bourne (2007)
  • Invictus (2009)

Matt Damon em Invictus

  • Bravura Indômita (2010)
  • Contágio (2011)
  • Compramos um Zoológico (2011)
  • Elysium (2013)
  • Interstellar (2014)
  • Perdido em Marte (2015)
  • Jason Bourne (2016)
  • Ford vs Ferrari (2019)

Prêmios e indicações

Depois do Oscar de Melhor Roteiro Original de 1998, Matt já acumula uma série de indicações – assim como um número considerável de “perdidos” da academia. No total, foram três indicações ao Oscar de Melhor Ator, por Gênio Indomável, Invictus e Perdido em Marte.

Matt Damon em Perdido em Marte

Além disso, ele recebeu outras quatro indicações ao Globo de Ouro pelos mesmos longas, sem contar a indicação pelo papel em O Talentoso Ripley e o fato de que levou para casa o prêmio de Melhor Ator por Perdido em Marte.

Vida amorosa de Matt Damon

Ao longo do tempo em que já está sob os holofotes, Matt teve uma série de relacionamentos que viraram manchete nas páginas de fofoca.

Mas o primeiro romance mais conhecido do ator foi com sua colega de cena em Gênio Indomável, Minnie Driver; que conheceu no set e teve como namorada por pouco mais de um ano.

Matt Damon e Minnie Driver

Logo após ter anunciado a nova solteirice no programa de Oprah (o que Driver classificou como “fantasticamente inapropriado”), Damon engatou um namoro com Winona Ryder, que durou por cerca de dois anos.

Ao fim de mais um romance high profile, o ator declarou não querer mais se envolver com celebridades, pois buscava um estilo de vida mais “normal”.

Matt Damon e Winona Ryder

No entanto, ao longo do tempo em que não era casado, rumores dão conta de que o ator também tenha tido affairs com as atrizes Claire Danes e Penélope Cruz.

Matt Damon e Luciana Barroso

Foi enquanto gravava o filme Ligado em Você, em Miami, que Matt conheceu Luciana Barroso. Escondido na parte interna de um bar para fugir do assédio, Damon foi flagrado pela garçonete argentina que hoje é sua esposa; mas na época perguntou “o que você, que não é funcionários, está fazendo aqui?!”.

Matt Damon e Luciana Barroso

O relacionamento entre Matt e a não-celebridade que buscava já dura mais de 15 anos e rendeu três filhas: Isabella Damon (14); Gia Zavala Damon (11); e Stella Damon (9).

Além destas, Matt também se considera pai da filha mais velha de Luciana, Alexia Barroso – fruto do primeiro casamento da argentina.

Matt Damon e suas filhas

De acordo com entrevistas de meados de 2018, Matt Damon ainda planeja ter filhos com a amada, tendo preferência por um menino, da próxima vez. E envolvido num relacionamento amoroso e duradouro, não duvidamos nada de que um novo pequeno Damon possa dar as caras num futuro próximo.

Imagens: reprodução

In this article

Join the Conversation