[sam_zone id=1]

Ben Affleck – A trajetória de sucesso do roteirista, ator e diretor de cinema

1636 0

Ben Affleck batalhou papéis e projetos de respeito até ganhar reconhecimento e conquistar o mais alto prêmio do cinema internacional

Conhecido por ter um dos nomes mais comentados do universo de Hollywood – seja pelos trabalhos ou pelas polêmicas – Ben Affleck é, hoje, um dos maiores nomes do cinema mundial.

Ben Affleck

Considerado por muitos como um ator “menor” durante muito tempo, Ben Affleck provou suas habilidades como ator e diretor ao longo dos anos. E prova disso é que, hoje, ele já pode se gabar por ter duas das estatuetas do Oscar mais cobiçadas no mundo do cinema.

Quem é Ben Affleck?

Benjamin Géza Affleck-Boldt nasceu em 15 de agosto de 1972 em Berkeley, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Aos três anos de idade se mudou para o estado de Massachusetts e, ao lado do irmão Casey, teve uma criação bastante liberal, política e bastante envolvida com o mundo das artes e do ativismo.

Foi ainda na infância que Affleck conheceu o seu amigo mais famoso: Matt Damon. Ao cursarem juntos o colegial na Cambridge Rindge and Latin School, ambos foram muito influenciados pelo professor de arte dramática que tiveram na escola, Gerry Speca.

Ben Affleck

Por dividirem a mesma paixão pela atuação, Ben Affleck e Matt Damon juntaram dinheiro em uma conta conjunta para que pudessem viajar para Nova York para audições.

Embora tivesse boas notas e tenha passado alguns meses no curso de Espanhol da University of Vermont, Ben desistiu do curso após se machucar jogando basquete.

Ele decidiu, então, mudar-se para Los Angeles – aos 18 anos – e estudou Relações do Oriente Médio por pouco mais de um ano na Occidental College.

O início da carreira

Ainda criança, Affleck fez diversas participações em filmes de pouca visibilidade, incluindo seu primeiro trabalho, Dark Side of The Street, dirigido por um amigo da família.

Ben Affleck em Jovens, Loucos e Rebeldes

Os filmes da PBS The Voyage of Mimi e The Second Voyage of Mimi foram seus papéis de maior sucesso na infância, e durante a adolescência ele participou de mais alguns títulos do tipo, além de um comercial da rede Burger King.

Depois de mais algumas pontas, Affleck conquistou o papel que seria o seu primeiro de maior sucesso. Ao lado de outros atores que conquistaram igual sucesso mais tarde, como Matthew McConaughey, ele estrelou no clássico cult Dazed and Confused (Jovens, Loucos e Rebeldes).

De acordo com ele, o diretor do filme, Richard Linklater, foi a pessoa que conseguiu finalmente desmistificar o processo de fazer filmes aos seus olhos.

Ben Affleck em Dias de Glória

Três anos depois estreava o primeiro longa tendo Ben como protagonista, Glory Daze (Dias de Glória); e ainda naquele ano conquistou outro protagonista na comédia romântica Chasing Amy (Procurando Amy).

Foi aí que, pela primeira vez, ele chamou a atenção da crítica, recebendo uma série de elogios em publicações especializadas.

Gênio Indomável

Com alguns sucessos no currículo, Ben seguia em busca de novos papéis enquanto trabalhava no roteiro de um filme com Damon; que, a essa altura, vivia no sofá da casa de Affleck em Los Angeles.

Ben Affleck e Matt Damon em Gênio Indomável

Os dois trabalharam com seriedade no que havia começado como um esboço para uma tarefa da faculdade de Matt, anos atrás. E, depois de trabalharem o material com a consultoria de alguns profissionais com quem já haviam trabalhado, conseguiram vender o script para a Castle Rock.

Depois de problemas em função de discussões sobre quem seria o diretor do filme, os amigos acabaram passando o roteiro para a Miramax, que finalmente produziu o que seria o grande sucesso da dupla.

Ben Affleck e Matt Damon em Gênio Indomável

Contando com os amigos roteiristas, Robin Williams e Minnie Driver no elenco e Gus Van Sant na direção, Good Will Hunting (Gênio Indomável) estreou em dezembro de 1997 nos Estados Unidos.

O fruto disso foi uma série de indicações a alguns dos maiores e mais importantes prêmios do cinema mundial, além das estatuetas do Globo de Ouro e do Oscar na categoria de Melhor Roteiro Inédito para Matt e Ben.

Ben Affleck e Matt Damon comemorando o Oscar de Melhor Roteiro Original

A conquista tornou Affleck, até os dias de hoje, o roteirista mais novo a levar para casa o Oscar pela categoria; com apenas 25 anos na época.

Blockbusters e protagonistas

O filme Gênio Indomável ainda não tinha estreado quando Ben fez o teste para participar do elenco de Armageddon. Por isso, o diretor do filme já havia dispensado o ator como um dos protagonistas; mas acabou convencido por um dos produtores de que ele se tornaria uma estrela.

Ben Affleck em Armageddon

Ele teve que perder peso, se bronzear e encapar os dentes; mas ganhou seu primeiro grande papel em um blockbuster; dividindo a tela com Bruce Willis, Liv Tyler e Billy Bob Thornton no filme que estreou em 1998.

A partir daí, começou a ser chamado para todo tipo de filme, e acrescentou ao seu currículo longas como Shakespeare In Love (Shakespeare Apaixonado); Dogma; 200 Cigarettes (200 Cigarros); Forces of Nature (Forças do Destino), ao lado de Sandra Bullock; e Pearl Harbor.

Ben Affleck e Sandra Bullock em Forças do Destino

Ao longo do tempo, as escolhas e performances de Affleck começaram a lhe dar uma péssima fama; e a crítica não perdoou, afirmando em muitas ocasiões que o seu charme e talento haviam se perdido em roteiros ruins e nas chamadas dos tabloides.

Entre as produções mais massacradas da época podemos citar, por exemplo, Paycheck (O Pagamento); Jersey Girl (Menina dos Olhos); e Gigli (Contato de Risco), em que dividiu a tela com sua então namorada Jennifer Lopez – apontada, inclusive, como a grande razão para as chamadas nos tabloides.

Ben Affleck em Contato de Risco

Super-heróis

Algum tempo depois dos seus primeiros grandes sucessos, a fama de Affleck lhe rendeu o primeiro papel como protagonista super-herói no filme Daredevil (Demolidor). Embora tenha sido um sucesso de bilheteria, o filme dividiu a opinião dos críticos.

E dividida também ficou a opinião do público quando ele foi escalado para viver Batman em Batman vs Superman; papel que ainda interpretou em duas outras ocasiões, nos filmes Esquadrão Suicida e Liga da Justiça.

Ben Affleck como Batman

Ben Affleck diretor

Depois de apanhar muito da crítica especializada como ator, Ben – que já havia dirigido um curta-metragem anos antes – decidiu se arriscar de cabeça como diretor. E o risco valeu a pena, já que todas as críticas que o assombravam como ator nos últimos anos se transformaram em elogios como diretor.

Já no primeiro trabalho por trás das câmeras, Gone Baby Gone (Medo da Verdade), seu filme rendeu os prêmios Critics Choice Awards e Satellite Awards de Melhor Atriz Coadjuvante para Amy Ryan; que protagoniza o filme ao lado do irmão de Ben, Casey Affleck.

Ben Affleck e o irmão, Casey Affleck

Além disso, as críticas para o novo diretor Affleck foram as melhores possíveis, e três anos depois ele lançou seu segundo filme como diretor, The Town (Atração Perigosa); trabalhando nos dois lados das câmeras, dessa vez.

Argo

Foi no terceiro trabalho como diretor que Ben levou para casa a prova de que estava no caminho certo: o Oscar de Melhor Filme, por Argo.

Ben Affleck em Argo

Embora não tenha levado o prêmio de melhor direção, conquistar o prêmio mais importante da noite do Oscar foi o suficiente para que Affleck acreditasse ter se provado em Hollywood; o que rendeu um discurso bastante emocionado.

Além do Oscar, Ben conquistou com Argo, ainda, o Globo de Ouro de Melhor Diretor; o SAG Awards de Melhor Elenco; o BAFTA Awards de Melhor Filme e Melhor Diretor; e o César (prêmio francês) de Melhor Filme Estrangeiro.

Ben Affleck ao vencer o Oscar de Melhor Filme por Argo

Depois disso, Ben ainda estrelou e dirigiu Live by Night (A Lei da Noite) em 2017, mas as críticas não foram boas como as dos seus três primeiros trabalhos como diretor.

Atualmente, portanto, a filmografia de Ben Affleck como diretor inclui os seguintes filmes:

  • Medo da Verdade (2007)
  • Atração Perigosa (2010)
  • Argo (2012)
  • A Lei da Noite (2017)

Filmes com Ben Affleck

Entre os principais e mais conhecidos filmes da carreira de Ben Affleck podemos citar:

  • Jovens, Loucos e Rebeldes (1993)
  • Dias de Glória (1996)
  • Procura-se Amy (1997)
  • Gênio Indomável (1997)
  • Shakespeare Apaixonado (1998)

Ben Affleck em Shakespeare Apaixonado

  • Armageddon (1998)
  • Dogma (1999)
  • Forças do Destino (1999)
  • Pearl Harbor (2001)
  • A Soma de Todos os Medos (2002)
  • Fora de Controle (2002)
  • O Pagamento (2003)
  • Demolidor – O Homem Sem Medo (2003)
  • Contato de Risco (2003)
  • Menina dos Olhos (2004)
  • Ele Não Está Tão A Fim de Você (2009)
  • Atração Perigosa (2010)
  • Argo (2012)
  • Garota Exemplar (2014)

Ben Affleck em Garota Exemplar

  • Batman vs Superman – A Origem da Justiça (2016)
  • Esquadrão Suicida (2016)
  • O Contador (2016)
  • Liga da Justiça (2017)
  • Operação Fronteira (2019)

Alcoolismo

A luta de Ben Affleck contra o alcoolismo já é conhecida por qualquer um que acompanhe minimamente as notícias de Hollywood. Isso porque os tabloides, como não poderia deixar de ser, fazem questão de explorar cada nova recaída do ator.

Sem levar em conta os aspectos do estilo de vida do ator que poderiam estar ligados ao vício, o problema também envolve genética, já que a família de Affleck tem um longo histórico com o alcoolismo; e, inclusive, dois de seus avós eram alcoólatras.

Ben Affleck

Além disso, seu pai e alguns de seus tios também travaram batalhas longas contra o vício em álcool e drogas; assim como o seu irmão Casey, que é alcoólatra em recuperação.

Segundo declarações de Ben ao longo dos anos, o álcool se tornou um problema em sua vida por volta dos 15 anos. No entanto, nos seus vinte anos ele chegou a ficar sóbrio, embora ainda afirmasse que a bebida era algo perigoso para ele.

Depois de passar por tratamentos para o vício em meados de 2001, ele passou alguns anos conseguindo “beber de uma forma relativamente normal” por cerca de oito anos. Mas, ao longo do tempo isso foi mudando, até o ponto em que ele bebia até apagar quase todas as noites.

Rehab e recaídas

Em 2017 e 2018 ele foi internado para tratar do vício e, no fim de 2019, os paparazzi o flagraram mais uma vez em uma recaída.

Ben Affleck indo para a rehab

Diferentes vídeos do ator “tropeçando na própria sombra” podem ser encontrados na web, mostrando o flagra do qual ele sente apenas vergonha; especialmente pela possibilidade de que seus filhos vejam as cenas.

Depois de assumir também sofrer de ansiedade e depressão, Affleck tem se mantido sóbrio; e fala sobre o problema do alcoolismo num filme que deve ser lançado ainda em 2020, chamado The Way Back.

Segundo o diretor do filme, Gavin O’Connor, o ator inclusive teve um colapso após gravar uma cena dramática do longa, que retrata um treinador de basquete que vê a profissão e o casamento ruírem por causa do alcoolismo.

Ben Affleck e Jennifer Garner

Para quem não sabe, além de problemas na carreira, Ben também teve o álcool como o principal culpado pelo fim de seu casamento com a atriz Jennifer Garner; e disse em diferentes entrevistas que este é o maior arrependimento de sua vida.

Vida amorosa de Ben Affleck

Se engana quem pensa que os únicos motivos pelos quais Affleck apareceu nas manchetes estão relacionados ao seu vício e seus trabalhos no cinema. Além disso, o ator já recebeu o título de “mais sexy do mundo” pela revista People em 2002.

Com isso, não fica difícil imaginar que o ator coleciona uma série de beldades hollywoodianas como namoradas ao longo dos anos.

Ben Affleck e Gwyneth Paltrow

Entre as primeiras que ficaram mais conhecidas como par do ator, podemos citar Gwyneth Paltrow; que contracenou com Ben em Shakespeare Apaixonado.

Ben Affleck e Gwyneth Paltrow ficaram juntos entre 1997 e meados de 2000, e chegaram a trabalhar juntos em mais um filme, Bounce (Mais Que o Acaso).

Uma curiosidade é que, neste segundo filme, o casal contracenou quando havia acabado de terminar a relação por um breve momento, em 1999; reatando o namoro e terminando, mais uma vez, no ano seguinte.

Ben Affleck e Jennifer Lopez

O segundo relacionamento mais high-profile de Ben foi com a atriz e cantora Jennifer Lopez, e o casal inclusive ficou conhecido na época pelo nome de Bennifer.

Ben Affleck e Jennifer Lopez

Eles se conheceram durante as gravações do filme Contato de Risco, em 2003, e rapidamente anunciaram o noivado.

Amplamente coberto pela mídia, o romance entre o casal chegou, inclusive, a aparecer em um dos clipes mais famosos de J. Lo, da faixa Jenny From The Block.

No ano seguinte, no entanto, apenas quatro dias antes do casamento, tudo foi cancelado. Até hoje não se sabe exatamente o que aconteceu, como já é comum nas polêmicas de Hollywood.

Ben Affleck e J. Lo

Mas há tantos boatos que dão conta de que teria havido uma traição por parte de Ben quanto dizendo que a atenção da mídia teria o feito mudar de ideia: como foi divulgado na época, mas falando sobre um término mútuo.

Ben Affleck e Jennifer Garner

Pouco tempo depois do término com Lopez, Affleck encontrou outra Jennifer para chamar de sua: Garner.

Ben Affleck e Jennifer Garner

Eles já se conheciam depois de trabalharem juntos nos filmes Pearl Harbor e Demolidor, mas foi só em 2004 que se aproximaram e engataram um romance.

Garner havia acabado de terminar o casamento com o ator Michael Vartan, na época, e Ben acabado de terminar o noivado com J. Lo. Rapidamente o romance virou um noivado e o casal oficializou a união em 2005.

Ben Affleck com Jennifer Garner e os filhos do casal

Do casamento vieram os três filhos de Ben Affleck: Violet Affleck (14); Seraphina Rose Elizabeth Affleck (11); e Samuel Garner Affleck (8).

O fim do casamento foi anunciado em 2015, em meio a boatos de uma suposta traição do ator com uma babá que trabalhava para o casal.

No entanto, informações mais concretas dizem que o término do relacionamento de mais de uma década teria acontecido por causa dos problemas de Affleck com o álcool.

Affleck e Garner se mantiveram separados até 2018, quando o divórcio foi oficializado; e o casal é visto junto com frequência mesmo após o término por causa dos filhos que têm juntos.

Ben Affleck e Jennifer Garner

Além disso, Jennifer pôde ser vista dando todo o seu apoio ao ex-marido em todas as recaídas que ele teve ao longo dos anos seguintes. De acordo com ele, seu maior arrependimento pelo vício vem, justamente, do término do casamento com Garner.

Ao mesmo tempo, Garner também já declarou em diversas ocasiões o quão sofrida foi a sua separação do ator, a quem ele se refere como o amor de sua vida.

Os casos após a separação

Mesmo triste com o divórcio, Ben não parou de fazer sucesso com as mulheres. Em julho de 2017 ele assumiu seu primeiro romance depois da separação de Garner, com a produtora do programa Saturday Night Live Lindsay Shookus.

Ben Affleck e Lindsay Shookus

Pouco mais de um ano depois, o Affleck e Shookus anunciaram a separação, mas reataram alguns meses depois; terminando definitivamente em abril de 2019.

Durante o tempo em que esteve longe da produtora, Ben teve um affair de poucos meses com a ex-coelhinha da Playboy, Shauna Sexton.

Ben Affleck e Shauna Sexton

A compositora Katie Cherry foi outro affair de Affleck em 2019, e os dois teriam se conhecido por meio do app conhecido como o “Tinder dos Famosos”, Raya.

Ela, inclusive, acompanhava o ator na ocasião em que ele foi flagrado em recaída, bêbado, saído de uma festa. Mas, felizmente, o romance durou pouco, e a “boa influência” já não faz mais parte da vida do ator.

Ben Affleck e Ana de Armas

Ben Affleck e Ana de Armas

Atualmente, Ben Affleck e Ana de Armas formam um casal, e já foram vistos juntos em diversas ocasiões em saídas durante a pandemia do coronavírus.

Ben conheceu a atriz cubana durante as filmagens do filme Deep Water, ainda sem data de estréia no Brasil; e estariam juntos desde o fim de março de 2020.

Ben Affleck e Ana de Armas

Embora diferentes sites tenham publicado que a ex-mulher e mãe dos filhos de Ben Affleck estaria adiando o encontro entre Ana e suas crias, imagens dela se divertindo com os filhos mais novos do ator já podem ser vistas nos sites de fofoca.

Imagens: reprodução Broadimage/Shutterstock

In this article

Join the Conversation